Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Institucional > Sobre o Ibama > Identidade organizacional
Início do conteúdo da página

Identidade organizacional

Última atualização em Terça, 20 de Dezembro de 2016, 19h27

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) é uma autarquia federal dotada de personalidade jurídica de direito público, autonomia administrativa e financeira, vinculada ao Ministério do Meio Ambiente, conforme Art. 2º da Lei nº 7.735, de 22 de fevereiro de 1989. 

Missão

Proteger o meio ambiente, garantir a qualidade ambiental e assegurar a sustentabilidade no uso dos recursos naturais, executando as ações de competência federal.

Visão

Ser referência ambiental na promoção do desenvolvimento do país.

Objetivos Estratégicos (OE)

OE 1. Qualidade Ambiental Garantida: garantir padrões de qualidade do meio ambiente, que propiciem a vida saudável para as presentes e futuras gerações.

OE 2. Meio Ambiente Protegido: promover ações de proteção do meio ambiente, direito fundamental previsto na Constituição Federal, sendo dever do poder público e da coletividade defendê-lo e preservá-lo.

OE 3. Uso Sustentável dos Recursos Naturais: contribuir para que o modelo de desenvolvimento ocorra de forma a conciliar o crescimento econômico a uma adequada utilização e preservação dos recursos ambientais propiciando a inclusão social.

OE 4. Promover o Licenciamento Ambiental como mecanismos de desenvolvimento sustentável do país: ampliar a efetividade e transparência do processo de licenciamento ambiental e dos demais atos autorizativos, bem como aprimorar a capacidade de acompanhamento pós-licença ambiental.

OE 5. Ampliar a efetividade do controle ambiental: promover estratégias de controle e fiscalização ambiental que propiciem a dissuasão dos ilícitos e a efetiva recuperação de dano ambiental.

OE 6. Promover e aprimorar a regulação da área ambiental: contribuir para a formulação de normas e padrões de qualidade ambiental, fortalecendo os mecanismos de monitoramento e de subsídios para o aprimoramento da legislação ambiental.

OE 7. Prover dados e informações ambientais: qualificar os dados e gerar valor na informação disponibilizada à sociedade, assim como fortalecer a avaliação e o monitoramento integrado da qualidade ambiental.

OE 8. Desenvolver e fortalecer a comunicação institucional: melhorar os canais de comunicação com a sociedade, bem como fortalecer o relacionamento com a imprensa. Ampliar a divulgação de resultados institucionais tanto para o público interno quanto externo.

OE 9. Aprimorar e padronizar regras, métodos e processos de trabalho: mapear os processos e definir normas e procedimentos objetivando a simplificação, o aprimoramento e o detalhamento dos processos de trabalho do Ibama.

OE 10. Fortalecer instrumentos e processos de governança: adoção de padrões de articulação e cooperação entre as equipes internas (servidores e gestores) e o público externo, arranjos institucional legais com vistas a definição de normas e comportamentos sobre a forma pela qual as decisões serão tomadas.

OE 11. Promover parcerias interinstitucionais de gestão ambiental: estabelecimento de novas parcerias com outras instituições visando a cooperação, a padronização de coleta e a disponibilização de dados ambientais, como forma de integrar e fortalecer o Sisnama.

OE 12. Fortalecer a coordenação e integração institucional: melhorar o sistema de comunicação entre as unidades do Ibama, dando ênfase na divulgação das ações e resultados do Instituto.

OE 13. Aprimorar a gestão da informação e do conhecimento: desenvolver e/ou melhorar os sistemas existentes visando a efetiva sistematização e integração dos dados ambientais e sua disponibilização tanto para subsídio de gestão e tomada de decisão pelas entidades do Sisnama quanto para a sociedade, visando a prestação de serviços de qualidade aos usuários, a garantia da qualidade ambiental e a proteção do meio ambiente, assegurando o desenvolvimento sustentável.

OE 14. Fortalecer o atendimento ao cidadão: recepcionar, tratar e atender adequadamente as demandas do cidadão. Implantar o serviço de call-center no Ibama para atendimento ao cidadão.

OE 15. Fortalecer, desenvolver e valorizar o quadro de pessoal: implantar modelo de capacitação técnica e gerencial de forma continuada, visando a qualificação, reciclagem e a melhoria dos padrões de desempenho institucional. Aprovar normas regulamentadoras para locação de servidores nas unidades de acordo com as competências, habilidades e as necessidades institucionais, buscando o desenvolvimento contínuo de processos de qualidade de vida.

OE 16. Aprimorar os mecanismos de gestão de pessoas: implementar o sistema automatizado de avaliação de desempenho dos servidores, a política de remoção e o modelo de gestão por competências.

OE 17. Promover a modernização tecnológica do Ibama: modernizar e dotar a área de tecnologia da informação de infraestrutura técnica e operacional compatíveis com as demandas atuais.

OE 18. Gerir a infraestrutura e a logística de forma eficiente e efetiva: disponibilização tempestiva e adequada de recursos para a atividade operacional da Instituição, garantindo o uso de seus recursos e infraestrutura, priorizando a sustentabilidade ambiental, inclusive na adoção de critérios para compras e contratações.

OE 19. Promover a cultura de gestão por resultados: fazer com que o modelo de gestão do planejamento estratégico seja incorporado a rotina de trabalho dos servidores dada a importância dos resultados dos indicadores e metas na contribuição para o alcance da missão institucional e no processo de avaliação de desempenho dos servidores.

OE 20. Buscar sustentabilidade financeira e orçamentária: aperfeiçoar o sistema de arrecadação de receitas e adequar os valores cobrados dos serviços do Ibama. Buscar fontes de financiamento externo para projetos estratégicos.

Mapa estratégico

Fim do conteúdo da página