Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Produtos preservativos de madeiras

Publicado: Quinta, 09 de Fevereiro de 2017, 15h12 | Última atualização em Segunda, 17 de Abril de 2017, 10h06

Sobre os produtos preservativos de madeiras

A importância da preservação da madeira no Brasil está relacionada com a diminuição da pressão sobre as florestas nativas, pois o aumento da vida útil da madeira possibilita a uma maior conservação dos recursos naturais florestais. O setor de preservação de madeiras também tem estimulado o reflorestamento no Brasil, pois encontrou nas espécies de reflorestamento, pinus e eucalipto, uma alternativa para a substituição do uso das madeiras nativas, uma vez que essas espécies são passiveis de tratamento.

A legislação brasileira obriga a utilização de madeira preservada nos serviços de utilidade pública, como, por exemplo, o setor elétrico e o ferroviário, sendo o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o órgão federal responsável pelo cumprimento dos dispositivos legais no setor de preservação de madeiras, inclusive no que se refere à emissão de registro de produtos preservativos de madeira.

A atuação do Ibama, neste campo, por meio da Coordenação Geral de Avaliação e Controle de Substâncias Químicas (Cgasq) e das Coordenadorias de Avaliação Ambiental de Substâncias e Produtos Perigosos (Coasp) e Coordenadoria de Controle Ambiental de Substâncias e Produtos Perigosos (Cconp) , da Diretoria de Qualidade Ambiental (Diqua), vem sendo desenvolvida com o objetivo de estabelecer normas e procedimentos de avaliação ambiental, registro e controle dos produtos utilizados como preservativos de madeira, bem como, a estruturação das atividades de controle e fiscalização voltadas aos setores envolvidos (fabricação, manipulação, comercialização, importação e utilização) com preservativos de madeiras.

A atividade de preservação de madeiras, todavia, envolve a utilização de produtos químicos, na sua grande maioria, altamente tóxicos e que, se não utilizados corretamente podem causar danos à saúde dos trabalhadores e ao meio ambiente. Para que os benefícios dos preservativos de madeira superem os seus riscos, o Ibama vem intensificando e ampliando diariamente suas atividades.

Acesse a lista de produtos preservativos de madeiras registrados no Ibama.

 

 
Fim do conteúdo da página