Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Informes > Ibama rejeita estudo para exploração de petróleo na Foz do Amazonas
Início do conteúdo da página

Ibama rejeita estudo para exploração de petróleo na Foz do Amazonas

Publicado: Terça, 29 de Agosto de 2017, 09h09 | Última atualização em Quinta, 31 de Agosto de 2017, 14h42

Brasília (29/08/2017) - O Ibama rejeitou estudo de impacto ambiental apresentado pela empresa francesa Total para exploração de petróleo na Bacia da Foz do Amazonas. Em despacho assinado na noite desta segunda-feira (28/08), a presidente do Ibama, Suely Araújo, listou pendências apontadas em parecer técnico que impedem a emissão de licença e solicitou complementações.

"A modelagem de dispersão de óleo, por exemplo, não pode deixar qualquer dúvida sobre os possíveis impactos no banco de corais e na biodiversidade marinha de forma mais ampla", afirma a presidente no documento. Ela também destaca a necessidade de tratativas internacionais relacionadas aos potenciais riscos transfronteiriços no licenciamento da perfuração marítima e a interlocução com Guiana Francesa, Suriname, Guiana e Venezuela, além de arquipélagos caribenhos.

"Em face de o Ibama já ter realizado neste processo de licenciamento três reiterações do pedido de complementação do estudo ambiental, caso o empreendedor não atenda os pontos demandados pela equipe técnica mais uma vez, o processo de licenciamento será arquivado", finaliza a presidente do Instituto.

Mais informações:

SEI Ibama - 0669432 - Despacho
SEI Ibama - 0669439 - Despacho
SEI Ibama - 0667576 - Despacho
SEI Ibama - 0648363 - Parecer Técnico


Assessoria de Comunicação do Ibama
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 
(61) 3316-1015

registrado em:
Fim do conteúdo da página