Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notas > Nota de Esclarecimento sobre texto da revista Istoé referente ao Licenciamento Ambiental do Porto Sul
Início do conteúdo da página

Nota de Esclarecimento sobre texto da revista Istoé referente ao Licenciamento Ambiental do Porto Sul

Publicado: Terça, 22 de Maio de 2018, 14h54 | Última atualização em Sexta, 08 de Junho de 2018, 10h29

Brasília (22/05/2018) – Em relação ao texto “Um Porto Minado pela Corrupção”, publicado no site da revista Istoé em 18 de maio de 2018, o Ibama esclarece que:

O processo de Licenciamento Ambiental é pautado por decisões de caráter técnico, em conformidade com a legislação.

A emissão da Licença de Instalação (LI) n° 1.024/2014 para o Porto Sul foi baseada em conclusões técnicas que podem ser consultadas nos seguintes documentos do processo:

a)    Parecer 02001.003765/2014-21 COPAH/IBAMA;
b)    Despacho 02001.024649/2014-45 COPAH/IBAMA;
c)    Despacho 02001.024569/2014-81 DILIC/IBAMA.

A análise de viabilidade ambiental realizada pela equipe técnica do Ibama percorre diversas etapas de decisão, que incluem coordenador de área, coordenador-geral e diretor de licenciamento. Este fluxo garante ampla discussão técnica e ponderação administrativa.

O juiz Lincoln Pinheiro Costa, da Subseção Judiciária da Justiça Federal de Ilhéus (BA), reafirmou a prevalência do posicionamento técnico do Ibama sobre recomendações emitidas pelo Ministério Público Federal (MPF), que sustentava entendimento jurídico em sentido diverso.

O presidente do Ibama na ocasião expediu a Licença de Instalação com base nas conclusões técnicas da Diretoria de Licenciamento Ambiental, na análise jurídica da Procuradoria Federal Especializada (PFE) junto ao Ibama e com amparo na decisão da Justiça Federal no âmbito da Ação Civil Pública (ACP) em questão.

 

Presidência do Ibama

registrado em:
Fim do conteúdo da página