Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Notícias 2018 > Programa de licenciamento que reassentou 95 famílias no MA recebe Prêmio Brasil Socioambiental
Início do conteúdo da página

Programa de licenciamento que reassentou 95 famílias no MA recebe Prêmio Brasil Socioambiental

Publicado: Quinta, 15 de Março de 2018, 13h18 | Última atualização em Sexta, 16 de Março de 2018, 17h01
Reassentamento Vila Nova Canaã, em Paço do Lumiar (MA)
Foto: Ibama
Foto: Ibama

Brasília (15/03/2018) – O programa de reassentamento Vila Nova Canaã, exigido no licenciamento ambiental da Usina Termelétrica (UTE) Itaqui, em São Luís (MA), foi o vencedor do 13° Prêmio Brasil Socioambiental na Categoria Responsabilidade Social. Concebido para fortalecer as entidades representativas da comunidade, manter vínculos familiares e afetivos anteriores à realocação dos moradores, preservar a identidade cultural e dar acesso a políticas de saúde, segurança e educação, o programa reassentou 95 famílias.

A Diretoria de Licenciamento Ambiental do Ibama estabeleceu objetivos como a adoção do modo de produção agroecológica familiar, a ampliação das alternativas de escoamento e comercialização da produção do Polo Agrícola, a inserção dos agricultores em programas e políticas públicas (municipais, estaduais e federais) e o incentivo à autonomia dos reassentados por meio da organização em entidades sociais.

A localização da Vila Nova Canaã foi escolhida pela própria comunidade e ocupa 100 lotes de 250 metros quadrados no município Paço do Lumiar, na grande São Luís (MA). O reassentamento dispõe de uma unidade de ensino básica, três igrejas, mercado, centro comunitário e rádio comunitária.

As práticas culturais da comunidade foram preservadas com o Teatro da Vila Canaã, grupo formado por filhos e netos dos moradores, e com o Tambor de Crioula da Vila Canaã, manifestação cultural típica da região.

O Polo Agrícola Hortcanaã, com 60 hectares destinados à produção de orgânicos, garante uma alternativa de renda para os moradores. A área é equipada com telados, estufas, irrigação automatizada, casas de farinha e higienização, quiosques, galpões e escritório.

Iniciativas de capacitação para produção agroecológica, que promove a sustentabilidade ambiental sem aplicação de agrotóxicos, foram desenvolvidas para os trabalhadores. O Projeto Polo, apoiado por 45 instituições públicas e privadas conveniadas, dá suporte técnico ao trabalho. Entre os resultados alcançados até o momento estão o Banco Ativo de Sementes Crioulas, criado em parceria com a Secretaria Estadual de Agricultura Familiar, e o fornecimento de matéria orgânica (resultante da poda de árvores) e grama para produção de biofertilizantes e compostos orgânicos, feito em convênio com a Secretaria Municipal de Agricultura de Paço do Lumiar.

As atividades produtivas e a manutenção dos equipamentos do Polo e da Vila são administrados pelas associações de Agricultores e Agricultoras Familiares da Vila Residencial Nova Canaã e de Moradores e Moradoras da Vila Canaã.

O programa ainda deverá entregar um campo de futebol e uma Casa de Cultura, com o acervo cultural da comunidade, uma biblioteca e um cineclube.

O Ibama conduz o processo de licenciamento ambiental da UTE Itaqui desde 2008. O empreendimento é autorizado pela Licença de Operação (LO) n°1101/2012 – 1ª retificação.

 

O programa atende aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) listados abaixo:

1 - Erradicação da pobreza 2 - Fome Zero e agricultura sustentável 8 - Trabalho decente e crescimento econômico 10 - Redução das desigualdades 11 - Cidades e comunidades sustentáveis 12 - Consumo e produção responsáveis

 

Assessoria de Comunicação do Ibama
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
61 3316-1015

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página