Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Notícias 2016 > Ibama assume a presidência da Rede Sul-Americana de Fiscalização Ambiental
Início do conteúdo da página

Ibama assume a presidência da Rede Sul-Americana de Fiscalização Ambiental

Publicado: Quinta, 17 de Novembro de 2016, 07h50 | Última atualização em Quinta, 14 de Setembro de 2017, 16h56
Reunião da Rede Sul-Americana de Fiscalização Ambiental
Foto: Redsufica
Foto: Redsufica

Brasília (17/11/2016) – O Ibama assumiu nesta quarta-feira (16/11), durante a IV Reunião da Rede Sul-Americana de Fiscalização Ambiental (Redsufica), a presidência da organização, posição ocupada até então pelo Ministério do Meio Ambiente do Equador. O evento ocorreu durante o Diálogo Regional de Políticas, promovido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), na Cidade do Panamá, para debater o tema Licenciamento e Fiscalização Ambiental na América Latina.

Representantes de órgãos ambientais de diversos países compartilharam suas experiências e a presidente do Ibama, Suely Araújo, apresentou as perspectivas de modernização propostas pela nova lei geral de licenciamento, que está em discussão no Brasil. “A superação dos problemas ambientais na América do Sul, bem como aqueles que afetam todo o planeta, é o desafio permanente da Rede Sul-Americana de Fiscalização Ambiental. Por isso, precisamos fortalecer ainda mais nossos laços para romper barreiras e concretizar os objetivos comuns de proteção do meio ambiente”, disse Suely.

Para 2017, a Rede prevê a realização de eventos de capacitação em controle e fiscalização ambiental de resíduos, indicadores de controle ambiental, seguro ambiental e geotecnologia livre, além de um curso regional de fiscalização ambiental. Também estão previstas ações estratégicas para o fortalecimento da organização, como a elaboração de um estatuto, de um plano estratégico e de projetos para captação de recursos financeiros. Existe ainda expectativa de que o licenciamento ambiental seja incluído entre as atividades da Rede.

Criada em 2013 para promover a cooperação internacional e fortalecer a proteção do meio ambiente, a Rede Sul-Americana de Fiscalização Ambiental reúne o Ibama, a Superintendência de Meio Ambiente do Chile, o Organismo de Avaliação e Fiscalização Ambiental do Peru, a Autoridade Nacional de Licenças Ambientais da Colômbia e o Ministério do Meio Ambiente do Equador, e a Secretaria de Meio Ambiente e o Ministério do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Argentina. As entidades que participam da Rede buscam solucionar problemas transfronteiriços, realizar ações de fiscalização de interesse comum, compartilhar experiências e promover capacitação.

O Ibama ocupará a presidência da Rede até a próxima reunião da organização, em 2017. "A participação do Ibama na Rede é uma oportunidade de fortalecer a fiscalização das infrações transnacionais na região de fronteira, especialmente para combater o comércio ilegal de agrotóxicos, de diversos tipos de resíduos e de substâncias perigosas”, disse o coordenador-geral de Fiscalização Ambiental, Jair Schmitt, que acompanhou a presidente do Instituto no evento.

Assessoria de Comunicação do Ibama
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(61) 3316-1015

Fim do conteúdo da página